Na fotografía aparecem: Profesora Mijal Lotem com um certificado. Fabio Wajngarten, Presidente do Hadassah Brasil, Ethel Fainstein, Diretora do Hadassah Latinoamérica, Michal Lotem Chefe do Centro de Melanoma e Imunoterapia do Centro Médico Hadassah, Jorge Diener Diretor de Projetos Internacionaies do Hadassah.

 

O Hadassah Brasil organizou um grande evento em Fevereiro em São Paulo que recebeu o nome de “Há Esperança” dirigido pela Professora Michal Lotem, chefe do Centro de Melanoma e Imunoterapia do Centro Médico Hadassah.

Depois que Fabio Wajngarten, Presidente do Hadassah Brasil, e sua esposa, Sophie, conheceram a Dra. Lotem na última visita que realizaram ao Hadassah Jerusalém, decidiram brindar com o apoio de sua família o incrível trabalho que ela realiza dentro desta instituição, focado em imunoterapias que ajudam a prevenir o melanoma assim como outros tipos de câncer.

O resultado de todo este trabalho foi um evento oferecido por Monelle Mosseri, Sophie e Fabio Wajngarten em memória de Daphe Mosseri, filha de Monelle e irmã de Sophie, falecida muito jovem por causa de um melanoma metastásico há alguns anos atrás.

Michal Lotem teve a oportunidade de dirigir algumas palavras às 140 pessoas que assistiram ao elegante evento com quem compartilhou a esperança de que ela e sua equipe no Hadassah pretendem trazer às famílias e pacientes que sofrem de câncer ao redor do mundo.

Participaram do evento líderes políticos, filantropos e personagens importantes no cenário econômico brasileiro.

Para muitos dos presentes foi a primeira vez que escutaram sobre o papel que o Hadassah desempenha na luta por levar cura a estes lugares. Entre os convidados se encontrava Xuxa, uma celebridade no Brasil, que pôde entender a importância do papel desempenhado pelo Hadassah.

A Dra. Lotem teve a oportunidade de visitar profissionais e centros médicos no Brasil. Em sua visita, apresentou o trabalho realizado no Hospital Sírio-Libanês para experts em câncer. Também realizou uma apresentação para 200 estudantes de Medicina do Colégio Médico do Hospital de Santa Marcela, organizado pelo Dr. Sidnei Epelman, um membro do conselho do Hadassah Brasil. O resultado destas visitas foi a proposta de que médicos brasileiros façam parte do programa de Melanoma e Imunoterapia, aprendendo as técnicas que utiliza a Dra. Lotem no Hadassah

Ao falar sobre a tradição e dedicação do Hadassah para construir pontes para a paz entre culturas, uma nova ponte foi criada entre o Hadassah e o Brasil que trará saúde a milhões de pessoas no Brasil, em Israel e em todo o mundo.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone