Os corredores do Hospital Hadassah Ein Kerem contam a história em progresso da cidade de Jerusalém e milhares de histórias pessoais também. Minha história começa nestes sagrados corredores do Hadassah e continua conforme eu caminho para meu turno como enfermeira na unidade de maternidade.

Tantos momentos especiais de minha vida aconteceram nestes corredores! Minha mãe, uma parteira no Hadassah, me carregou através destes corredores no meu nascimento. Eu completei meu serviço nacional no Hadassah e me graduei na Henrietta Szold School of Nursing do Hadassah. Oh, e tem também os três anos de tratamento de câncer e reabilitação! Todos estes momentos aconteceram nos corredores do Hadassah. Para o bem e para o menos bom.

Na manhã ensolarada de Julho de 2015, outro incrível momento juntou-se à lista. Quando eu fui diagnosticada com câncer, 5 anos atrás, eu estava otimista em relação a mimha recuperação. Eu sonhei, rezei e esperei pelo melhor resultado possível. Mas, em meus mais atrevidos sonhos, eu não pude imaginar o momento em que estaria novamente em meu unifiorme de enfermeira andando pelos corredores do Hadassah como membro da equipe como antes. Durante todos estes anos de visitas ao Hadassah, na condição de paciente, eu não podia imaginar-me com sorte o suficiente para voltar a tratar daqueles que precisam. Parecia uma “missão impossível”.

Mas naquela agradável manhã de verão em Julho de 2015, isto provou-se não tão impossível afinal !

No mesmo Hadassah em que nasci, 30 anos atrás, onde minha vida foi salva durante os anos de tratamento, nestas mesmas paredes, eu estava dando meus primeiros passos como um orgulhoso membro da equipe retornando ao trabalho.

Um capítulo de minha vida se fechava e um novo, excitante, começava. Nós não sabemos o que o futuro nos reserva. Hei, nós não sabemos nem mesmo o que vai acontecer nas próximas 24 horas. Mas eu espero e rezo para o Todo Poderoso que a energia que eu senti naquela milagrosa manhã de Julho de 2015 nos corredores do Hadassah seja algo que eu nunca esqueça pelo resto de minha vida.

Esta sou eu, Libbie Goldstein Stern, 33 aos, casada com um inglês e mãe de duas princesas; uma enfermeira, uma orientadora de vida e uma pessoa que é verdadeiramente agradecida ao Hadassah e a D’us pela minha recuperação como paciente de câncer.

Eu espero que você junte-se a mim nos futuros blogs, onde eu partilharei com você algumas das histórias dos corredores do meu Hadassah. – Enfermeira Libbie

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone