Foi uma inauguração e foi uma celebração de Bar Mitzvah: uma cerimônia no Hadassah Hospital Ein Kerem na Sinagoga Abbell, com os vitrais de Chagall como fundo, que reuniu valores pessoais e comunitários ao dar o nome da família Metta Cohen do México à unidade.

“Para mim, este evento foi uma dupla mitzvah,” disse Marcos Metta Cohen, chefe da Alianza Monte Sinai Community no México. “Primeiro, esta unidade salva vidas. Segundo, está em Jerusalém e ajuda a construir Israel. Está também na Hadassah Medical Organization, uma das mais importantes instituições do povo judeu. Com a apoio de meus irmãos e parentes, nós tomamos a decisão de dar o nome em honra de meus pais . É uma honra para nós como família, junto com o Keren Hayessod, mostrar a nossas crianças que esta é a essência de como uma comunidade sionista e judaica deve se comportar. Eu gosto de pensar que uma das crianças cuja vida será salva na UTIP que estamos ajudando a expandir se tornará um professor em Medicina que vai salvar outras vidas.”

A inauguração foi realizada junto com o Bar Mitzvah de Raphael Metta Cohen, filho de Alex e Cessa Metta. “Eu quero compartilhar algo pessoal,” disse Raphael. “Quando eu era um bebê, eu fiquei muito doente. Eu tive problemas de estômago e precisei ser hospitalizado em uma unidade especial. É claro, eu não me lembro disto. Mas quando meus pais sugeriram apoiar crianças pequenas, eu tive calafrios e vontade de chorar. Para mim, era uma oportunidade de ajudar outras crianças a ter uma vida feliz e para os médicos uma oportunidade de ajudá-las ainda mais. Eu quero agradecer a meus pais, tios e tias pela educação que nos deram. Eles estabeleceram um bom exemplo dos valores de nossa família com este projeto e nossa geração vai seguir seus passos. Eu também quero agradecer a eles pela jornada desta família. E por último eu quero agradecer ao Keren Hayessod e ao Hadassah por ajudarem a criar as conexões com o Estado de Israel.”

A primeira comunidade judaica organizada no México fo a Alianza Monte Sinai, fundade em 14 de Junho de 1912, principalmente por judeus originários de Damasco (junto com uns poucos judeus sefaradim). “Como a Hadassah Organization, nós fomos fundados em 1912 e nós sentimos uma ligação especial em nossos valores compartilhados de Judaísmo e Sionismo,” disse Marcos Metta Cohen.

A cerimônia, realizada em 28 de Dezembro, foi conduzida por Jorge Diener, Diretor Sênior de Projetos Internacionais para a Hadassah International. Representando o Keren Hayesod estavam Eliezer Sandberg, Presidente Global, Yoel Embon, Diretor para América Latina, Aviva Rubin, Diretora de Reconhecimento de Patrocínios e Doações e Michal Shiloah, Diretora de Projetos de Capital.

O grande grupo de familiares e amigos do México e Israel foi aumentado por membros da equipe do Hadassah, incluindo o Dr. Asher Salmon, Vice Diretor do Hadassah Ein Kerem, que visitara a família Metta Cohen no México. Também esteve presente Dvir Musai, sobrevivente de ataque terrorista que passou por mais de 30 cirurgias no Hadassah desde que foi ferido aos 13 anos de idade. “Eu nunca tive um Bar Mitzvah porque eu estava no hospital, assim eu me sinto especialmente feliz de estar com vocês,” disse Musai, que também visitou a comunidade do México no último ano. A Vice Diretora do Hadassah Offices em Israel, Barbara Goldstein, falou dos vitrais de Chagall: “Quando foi pedido a Marc Chagall a criar os vitrais, ele disse que estava muito lisonjeado por fazer algo pelo povo judeu. Sua família age no mesmo espírito – mas vocês não esperaram um pedido.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone