Prof. Yaacov Pe’er, ex-diretor do Departamento de Oftalmologia da Hadassah Medical Organization, foi agraciado com o prêmio anual da American Academy of Ophthalmology (AAO) por suas contribuições no campo da oftalmologia e prevenção da cegueira em todo o mundo.

No próximo ano, o departamento de oftalmologia comemorará 100 anos de funcionamento. O Prof. Pe’er serviu como diretor durante 20 anos e hoje atua como Médico Sênior do departamento. A AAO, a maior associação de oculistas e cirurgiões do mundo, reunirá mais de 30.000 oftalmologistas de todo o planeta para sua conferência anual durante a qual o Prof. Pe’er receberá seu prêmio.

No anúncio da escolha do Prof. Pe’er, a AAO destacou que o Prof. Pe’er recebe o prêmio por sua contribuição significativa mundialmente para a prevenção da cegueira a para a reabilitação da visão no mundo, bem como por seu incrível compromisso pessoal com o gênero humano e por inspirar outros médicos no mundo todo.

“Eu recebo este prêmio com muito orgulho, também em nome do maravilhoso departamento de Oftlmologia do Hadassah, cujo trabalho clínico e acadêmico em paralelo, o colocou na linha de frente da oftalmologia, trabalhando neste campo em países em desenvolvimento desde 1959,” diz o Prof. Pe’er.

“Nós estabelecemos departamentos de oftalmologia na África e treinamos oftalmologistas da África, Ásia, América Latina e Europa Oriental,” ele acrescenta. “Nossos oftalmologistas souberam nas últimas cinco décadas que deveriam servir por dois anos como médicos na África, como parte da visão do Hadassah de desenvolver o cuidado com os olhos nestes países.”

O próprio Prof Pe’er estabeleceu um departamento de oftalmologia em um hospital do Quênia nos anos 1980.

Além de sua extensa atividade no treinamento de gerações de médicos e no fornecimento de tratamento avançado, e por vezes pioneiro, em Israel no campo da oftalmologia, o Departamento de Oftalmologia do Hadassah tem oferecido programas de estudo certificados a médicos de países em desenvolvimento desde 1961.

Até o momento, médicos de 38 países foram treinados como parte deste programa único do Hadassah, sob a liderança, nas últimas duas décadas, do Prof. Pe’er. A atividade faz parte do trabalho contínuo do Departamento de Oftalmologia do Hadassah e do Prof. Pe’er na ICO – International Ophthalmology Association, onde atuou como chefe do Comite para Países com Presença Mínima de Oftalmologistas. O objetivo era de despertar a atenção para a necessidade de estabelecer serviços médicos avançados para olhos nestes países.

“Esta importante premiação é para todos,” diz o Prof. Pe’er. “Do meu ponto de vista pessoal é uma honra tremenda e certamente um dos pontos altos da minha carreira.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone