Mahdi Abusnneh, 17, ferido aos 11 anos em um ataque terrorista, voltou ao Hadassah Medical Center recentemente para uma cirurgia de acompanhamento.

Mahdi, hoje um adolescente que vive no Monte das Oliveiras, ficou com uma paralisia muito grave, que o Dr. Ron Lamdan, Diretor do Center for Pediatrics Orthopedics, conseguiu melhorar bastante.

Com cerca de 10 estilhaços perfurando seu abdômen e cortando seus instestinos, com estilhaços alojados em suas vértebras torácicas, causando inchaço em sua coluna vertebral, a sobrevivência de Mahdi ou sua capacidade de andar novamente era incerta. Leia a história de Mahdi, aos 16 anos, publicada no The New York Times em Agosto de 2004.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone