Conduzidas por Shukla Shrem, Presidente da WIZO México, sessenta mulheres do México, muitas delas líderes da Comunidade Judaica Mexicana, visitaram o Hadassah como parte da viagem anual da WIZO a Israel.

Jorge Diener, Diretor Sênior da Projetos Internacionais da Hadassah International deu as boas vindas a elas no Auditório Panamá. O grupo aplaudiu com alegria quando ele relatou o avanço do Hadassah no tratamento da ELA. Muitas conhecem pacientes de ELA no México que poderão se beneficiar deste novo protocolo no futuro.

Emocionaram-se às lágrimas com a história de Dvir Mussai, que lhes contou ter sido ferido por uma mina terrestre com a idade de 13 anos. Hoje, aos 26, Dvir é pai, mas ainda recebe tratamentos diários no Hadassah e é voluntário para auxiliar outras vítimas do terroristmo; (Clique aqui para saber mais sobre a história de Dvir).

As mulheres reuniram-se então em um dos Jardins de Cura na Sarah Wetsman Davidson Hospital Tower para saber mais sobre as necessidades do hospital e como elas podem fazer a diferença. Com orgulho elas inauguraram a placa que reconhece a doação de um de seus membros, Rebeca Marcos.

Finalizaram a visita junto aos famosos vitrais de Chagall e tomaram conhecimento que o Projeto Chagall oferece uma oportunidade de ter seus nomes associados com um dos vitrais.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone