Dra. Hadas Mechoulam, Oftalmologista Pediátrica no Hadassah Medical Center, transformou em sua a missão de manter a visão de bebês prematuros de Nablus.

Bebês prematuros nascem com os vasos sanguíneos da retina imaturos. Em países como Israel eles recebem rápida intervenção para garantir que isto não afete sua visão. Lactentes sem blindagem podem vir a desenvolver descolamento de retina causando a cegueira.

Há alguns anos, a Dra. Mechoulam operou no Hadassah 20 desses bebês vindos de Nablus.  Agora ela está trabalhando com médicos palestinos para rastrear e tratar crianças com esta condição antes que a visão delas venha a piorar. Ela já ensinou seus colegas palestinos como dar injeções simples que ajudarão a retina a amadurecer, com planos para treinar estes médicos a implementar métodos mais avançados de rastreamento e intervenções no futuro.

A Dra. Mechoulam também está organizando uma pequena conferência em Jericó com neonatologistas, oftalmologistas e enfermeiras, onde oftalmologistas neonatais israelenses compartilharão seu conhecimento sobre fatores de risco e tratamento dessas crianças. Ainda na lista de desejos da doutora consta o tratamento de um grupo de bebês cegos de Gaza dentro das instalações do Hadassah. “Trazê-los até aqui – ela diz – é provavelmente a parte mais complicada.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone