Hadassah tem orgulho da pioneira, mundialmente reconhecida Dra. Polina Stepensky, a primeira especialista médica israelense a ser convidada a apresentar seu trabalho no Henry Kunkel Society Meeting, realizado em conjunto com a The Rockefeller University em New York. Diretora do Department of Bone Marrow Transplantation and Immunotherapy for Adults and Children do Hadassah Medical Center, a Dra. Stepensky, em colaboração com a Profa. Orly Elpeleg, chefe do Department of Genetic and Metabolic Diseases do Hadassah, identificou mutações genéticas desconhecidas que causam várias deficiências imunológicas com risco de vida para crianças.

As crianças chegam a ela sofrendo de sérias infecções respiratórias recorrentes, problemas autoimunes e contagens sanguíneas insalubres. A Dra. Stepensky analisa como a mutação causa os problemas imunológicos e cura a criança através de transplante de medula óssea. Sua taxa de sucesso é superior a 90%!

A Dra. Stepensky trata crianças de outros países, como a Rússia, bem como da Autoridade Palestina. Renomada nos círculos científicos ao redor do mundo, ela foi agraciada com fundos de prestígio da União Européia – incluindo um para a colaboração trilateral entre pesquisadores de Israel, Alemanha e Autoridade Palestina para trabalhar em doenças congênitas do sistema imunológico. A Dra. Stepensky é co-autora de 80 artigos publicados em periódicos profissionais, muitos dos quais apresentam pesquisas em primeira mão – seja sobre a identificação de mutações genéticas desconhecidas, descrevendo o mecanismo através do qual as células defeituosas causam doenças específicas, ou revelando como ela curou uma criança com uma doença genética específica.

“Eu sinto que meus pacientes são como meus próprios filhos,” ela diz. “Nós ficamos em contato, mesmo depois de curados e livres de medicação.”

Leia mais sobre a Dra. Stepensky na edição de Junho de 2016 da Hadassah Magazine.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone